Microfisioterapia | Terapia Manual | Instituto Salgado de Saúde Integral

Blog / Notícias

19/02/2018

“Sempre acreditei em tratar com o coração” - Microfisioterapia

Cláudia Jasmin, fisioterapeuta do Rio de Janeiro, sempre teve uma “queda” pelos tratamentos que buscavam o lado mais profundo do ser humano. “Fiz a formação em Osteopatia e sempre gostei desse lado mais sensível, visceral, manual e a história que cada um traz do seu clã e na própria memória celular. Depois que fiz a formação em Microfisioterapia e em Leitura Biológica, fiz um fechamento de tudo isso, de entender melhor o paciente, de trazer a história dele e fazer essa limpeza do organismo”, descreve.

Na sessão de microfisioterapia, ela compara a chegada do paciente como uma folha em branco. “Ele chega assim, com papel em branco, e por meio da Microfisioterapia trago a historia dele e imprimo nesta folha em branco. Ele chega com a doença e nós devolvemos a saúde ao passar pela história dele, o corpo traz esta história”, relata. Todas as informações vão se amarrando e trazendo o porquê do sintoma relatado. “O resultado é sutil, é profundo”, sintetiza Cláudia. Depois que passou a atender pela técnica, diferentes queixas passaram a aparecer na clínica. “Não vem só o paciente da dor física, mas também o da dor emocional, dos traumas, estresse, pânico”, completa.

No Instituto, ela encontrou as ferramentas que precisava para complementar a atuação como fisioterapeuta. “O Instituto é acolhedor e as pessoas vêm aqui também por esse sentir, fazemos novos amigos. Quando você faz algo como aprendizado, está em busca da sua própria cura, da sua própria história, do seu próprio clã”, atesta.

Atenta às emoções, Cláudia foca no amor em tudo o que faz.

“Sempre acreditei em tratar com o coração e com as formações que tive no Instituto posso acessar o paciente de outra forma e trazer a saúde”, conclui.