Microfisioterapia | Terapia Manual | Instituto Salgado de Saúde Integral

Blog / Artigos

17/05/2017

PNS Queria um start mais rápido no tratamento”

Trabalhando com postura há 8 anos, a fisioterapeuta Lisandra da Cunha Lopez, de Curitiba, estava à procura de algo mais efetivo para seus pacientes. Foi quando buscou a formação em Podoposturologia Neurosensorial, a PNS. “Sentia a necessidade de um start mais rápido no tratamento para depois desenvolver os movimentos e me surpreendi com a PNS, aliás, dia a dia me surpreendo com os resultados e descobertas”, diz. Segundo ela, a satisfação é dividida com os pacientes que, ao verem os resultados expressivos no alívio das dores, também se surpreendem.

“É uma técnica resolutiva. Do início ao fim de uma sessão já podemos sentir qual será a evolução, a resposta do paciente a ela. Tenho visto resultados muito expressivos para dores crônicas, problemas comuns mesmo como dores na coluna, nos ombros, na cervical que incomodavam o paciente há muito tempo e encontram solução com a PNS. O mais rico da técnica é que vamos destrinchando até chegar ao pico do problema”, atesta.

A forma como ela explica a questão ao pacientes é bem interessante e cabe bem para que se entenda como nosso corpo funcional, com tudo interligado. “Falo para eles pensarem que o corpo é uma casa e que acabou a luz em alguns cômodos, mas ela continua acesa em outros. O que precisamos é encontrar qual disjuntor desligou e ele não necessariamente estará no cômodo que está sem luz, nem sempre a solução está no local da dor”, diz.

Ao buscar a origem do problema, a PNS traz respostas rápidas e eficientes para a dor.