Microfisioterapia | Terapia Manual | Instituto Salgado de Saúde Integral

Blog / Artigos

02/09/2016

Probióticos podem tratar e prevenir diabetes

Probióticos nada mais são que microrganismos vivos que estimulam a multiplicação de bactérias benéficas para o nosso organismo. Cada vez mais a ciência descobre que as bactérias são a chave para a saúde, e não o contrário, como é senso comum. Poucas são as bactérias nocivas. Em nosso organismo, temos milhares delas que trabalham em nosso favor e é justamente o descompasso da microbiota, ou seja, desarranjos nas colônias de bactérias, que tem levado a muitas doenças.

Dentre os estudos nesta linha está o uso de um probiótico - o Lactobacillus - para tratar diabetes. Pesquisadores da Universidade de Cornell em Ithaca, Nova York, usaram uma cepa especialmente preparada de Lactobacillus em ratos diabéticos. Esse probiótico libera o hormônio glucagon-like peptide 1 (GLP-1), que estimula a secreção de insulina.

Após 90 dias de uso do probiótico, os níveis de glicose no sangue dos ratos 
diabéticos reduziram em até 30% na comparação com os animais que não receberam esse suplemento.  Esse trabalho foi publicado na revista científica Diabetes.

Há outras pesquisas, como a desenvolvida na Universidade de Cambridge, na Grã-Bretanha, que apontou que a ingestão de iogurte pode ser uma forma de combater o diabetes tipo 2. Os pesquisadores avaliaram hábitos alimentares de 753 pessoas diabéticas e outras 3,5 mil sem a doença e relataram que a prevalência do diabetes é significativamente menor entre aquelas que consomem iogurte com baixo teor de gordura ao menos quatro vezes por semana. O consumo de quatro copos de 125 gramas de iogurte por semana reduz em até 28% o risco de diabetes tipo 2.

Não devemos ignorar a importância da microbiota, aliás, cada vez mais a ciência mostra a importância de se informar sobre a flora intestinal, sobre as funções dos probióticos e seu uso inteligente para prevenir e combater doenças.