Microfisioterapia | Terapia Manual | Instituto Salgado de Saúde Integral

Blog / Artigos

05/04/2016

Pare de reclamar ! Cultive bons pensamentos !

Vire o disco, pare de reclamar!

Circulou por esses dias um texto sobre como pensar de forma negativa altera o nosso cérebro e, por consequência, até nossa personalidade. As considerações são do cientista da computação e filósofo americano Steven Parton. De acordo com ele, viver reclamando e sendo pessimista, ou mesmo convivendo com pessoas assim, tem o poder de mudar conexões cerebrais.

Diz ele: “O princípio é simples. Ao longo de seu cérebro há uma coleção de sinapses separadas por espaço vazio chamado de fenda sináptica. Sempre que você tem um pensamento, uma sinapse dispara um produto químico através da fenda para outra sinapse, construindo assim uma ponte sobre a qual um sinal elétrico pode atravessar, levando consigo a informação relevante que você está pensando. Toda vez que essa carga elétrica é acionada, as sinapses crescem mais juntas, a fim de diminuir a distância que a carga elétrica tem de atravessar. Este é um exemplo microcósmico da evolução, da adaptação. O cérebro religa seu próprio circuito, alterando-se fisicamente, para torná-lo mais fácil. Portanto, sua primeira evidência científica mística: os seus pensamentos remodelam seu cérebro e, portanto, estão mudando uma construção física da realidade. As sinapses estão mais fortemente ligadas entre si (por pensar mais frequentemente daquela maneira) representam a sua personalidade padrão: sua inteligência, habilidades, aptidões e pensamentos mais facilmente acessíveis”.


O texto, tirado do site Curiousapes (http://www.curiousapes.com/the-science-of-happiness-why-complaining-is-literally-killing-you/), mostra como alteramos a forma como nosso cérebro funciona, deixando programado para o estado negativo caso essa seja a nossa forma de viver, falar, pensar. Emoções negativas fazem com que continuemos em constante estado negativo. É isso que você deseja?


Segundo Parton, nossos pensamentos remodelam nosso cérebro e, portanto, estão mudando uma construção física da realidade. Podemos usar isso contra ou a nosso favor. Basta escolher se vamos escolher o lado positivo ou o lado negativo para cultivar qual realidade queremos construir: amor ou medo; aceitação ou arrependimento; deriva ou desejo; otimismo ou pessimismo.

Tudo isso também implicará na nossa qualidade de vida. Parton destaca que o cortisol, substância liberada pelo nosso organismo em situações de estresse e medo, é o inimigo número 1 da saúde.  Ele interfere na capacidade de aprendizagem e memória, reduz o sistema imunológico e a densidade óssea, aumenta o ganho de peso, a pressão arterial, o colesterol, as doenças do coração, as chances de desenvolver depressão, e por aí vai. Mais uma vez, a escolha está em nossas mãos. 

Cultive bons pensamentos, busque momentos de paz, alegria, harmonia e felicidade.